25 de julho de 2019

Carta ao Senhor Medo!

Esta linda carta fez parte de um exercício terapêutico,  escrita por uma pessoa que venceu! Venceu medos, dores, mágoas e muito mais... 

E se tornou uma mulher capaz de "curar como foi curada"!
Maria Ester hoje se empenha em sua formação em Arte-terapia, seu desejo é poder oferecer cuidado, apoio e o estímulo da arte a aqueles que precisam passar por jornadas de crescimento pessoal. 







Senhor Medo

De hoje em diante não vou mais deixar você me atrapalhar.
Desde que eu era criança, você povoa meus pensamentos, não me deixando fazer o que gosto ou penso que possa ser bom para mim.
Por deixar você estar presente, não aprendi muitas coisas, tais como andar de bicicleta.
Também eu fazia o que os outros mandavam, mesmo que eu não concordasse. Tinha medo de ser repreendida, ficar de castigo e às vezes apanhar.
De ser excluída dos grupos.
Você me paralisava.
Agora eu cresci e aprendi a lidar com você.
Sei que muitas vezes existem fatos que podem intimidar, que são reais.
Mas também sei que a minha coragem e os aprendizados que a vida me trouxe, me proporcionam sabedoria e discernimento para enfrentar você, fazendo o que é necessário para resolver a situação ou situações surgidas no momento.
Cresci, sei que a vida nos trás o que é necessário para o nosso crescimento e a fluidez que é necessária no momento.
Que quando eu olhei nos olhos de meu pai e disse a ele como me sentia, que não gostei da atitude abusiva dele quando eu era criança, eu me libertei.
Libertei para a vida, para lidar com você MEDO.
Libertei-me também para perdoá-lo entende-lo, percebendo que assim como eu ele carregou dores, sofrimentos, medos de não saber como agir.
Hoje estou em PAZ comigo, com ele e sei que quando você vier eu usarei a sabedoria e a coragem que tenho.

 Maria Ester Vieira