11 de setembro de 2012

Uma leve e divertida recomendação



É interessante de observar como, de tempos em tempos, alguns temas ficam mais e menos presentes. São questões que parecem estar pairando no ar e são trazidas pelos meus clientes em diferentes situações de suas vidas. 

A semana passada foi uma destas. Havia um assunto em primeiro plano, uma  gestalt (figura em foco). Talvez contaminada pelo meu olhar...pela estação, pela energia circundante ou pelo simples acaso... Quem pode saber? 

Bem, mas o tema que teimou em ir e vir dizia respeito à "vítima". O quanto cada um de nós alimenta a pena de si mesmo e como isto se reflete em nossas vidas. Este vilão que nos coloca em um lugar difícil, mas aparentemente  mais fácil que o movimento de libertação.

Pois voltando ao fenômeno, esse eu não explico, mas o fato é que no fim da semana eu fui ao cinema e lá estava uma "vítima" novamente.!  

Um homem vítima, porém ativo. Um personagem que se negava a aceitar o comum papel imposto a ele, fazendo da sua vida algo bem melhor do que o “destino” traçava. 

O restante só conferindo. 

O filme é baseado em uma história real e é divertidíssimo. Vale a pena. 

 
Intocáveis (The Intouchables)
Direção: Olivier Nakache e Eric Toledano
Duração: 112 minutos
Gênero: Comédia dramática
Elenco: François Cluzet, Omar Sy, Anne Le Ny, Audrey Fleurot, Clotilde Mollet  
           http://www.imdb.com/title/tt1675434/ 


2 comentários: