17 de dezembro de 2008

Meditando com o I Ching



É muito curioso o movimento de energia desta semana. O fenómeno véspera de Natal parece estimular um tipo de ansiedade, insatisfação…Hoje, em minha meditação, pedi uma orientação ao I Ching para este período.

“O I Ching pode transformar a vida”
Hermann Hesse


ABUNDANCIA
Hexagrama 55 (Feng)

“Aproveite o Sol do meio dia para iluminar o mundo não estando coberto de riquezas”

Acima: Chen - trovão o impulso, Deus se manifestando
Abaixo: Li - fogo claridade, inteligência iluminada.


Existe a vida em dia e noite - A vida é feita de ciclos; momentos que parecem de mais luz, momentos que parecem de menos luz (escuros).

Quando o Sol se pões, mesmo o céu e a terra não podem evitar este fato - assim esta preocupação é inútil -

O Sol significa a luz que está em tudo, não estar coberto de riquezas significa que se deve estar atento a abundância de ser e de ter o suficiente - de ser e de ter muita abundância.

Aquele que “governa” tem que conhecer as leis do tempo, mais ainda aquele “se” governa. Dizem os mestres tibetanos que a Alma trabalha de forma rítmica e trabalhar de forma rítmica é trabalhar no tempo, assim influencia a personalidade. Quando a personalidade sente os impulsos da Alma e os registra na sua consciência cerebral, a personalidade é “rica”; mas quando a Alma retira - momentaneamente - estes impulsos a personalidade percebe a escuridão que rodeia e fica triste.


Por isso o I Ching diz: “Seja como o Sol ao meio dia” O sol ao meio dia é como a Alma em sua própria dimensão sempre iluminando nossa vida.

Aproveitar o Sol do meio dia para iluminar não sendo coberto de riquezas significa: esteja no ritmo da vida, em luz, mesmo que pareça noite e perceba a abundância.


Psicologa de relacionamentos: Medicina tradicional chinesa e Metodo Sheng

Nenhum comentário:

Postar um comentário