23 de outubro de 2008

Poema












Na paisagem primaveril
não existe nada superior,
nada inferior;
os galhos em flor crescem por si mesmos,
alguns breves, alguns duradouros;
a ipoméia floresce por uma hora
e no entanto não é diferente de um pinheiro gigante
que vive por mil anos.

Autor desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário