23 de agosto de 2008

Coisas De Mulher

Acupuntura e Psicologia

“Brigou com o filho, deu um passa-fora no marido, despediu a empregada, jurou ódio mortal à melhor amiga e correu a janela para se jogar. Neste exato momento sentiu um molhadinho entre as pernas, rumou para o banheiro e não deu outra: menstruada! Ufa. Tudo superado. Era só TPM”.
Sonia Hirsch


Vamos iniciar o espaço – Coisas De Mulher – com um assunto muito, mas muito da mulher – a TPM. Assunto que, por motivos bem óbvios, interessa não só as mulheres, mas a homens que convivem com mulheres.

A proposta é abordar a TPM – tensão pré-menstrual - a partir da Medicina Tradicional Chinesa e, de alguma forma, dar uma ajuda a aquelas e aqueles que passam um período do seu mês mergulhados em águas turbulentas.


Conceitos básicos ...“ tudo que é intenso precisa de preliminares”

Qi – é energia - Viver é ter Qi.

Saúde – Ter é ter a circulação destes Qi equilibrada.

Para os chineses nossa saúde se define pela qualidade e circulação de alguns tipos de Qi. O Qi Ancestral que é o herdado; o Qi Nutritivo, adquirido na alimentação; o Qi Respiratório e o Qi do Shen – da vivência emocional e do espírito.

A tensão pré-menstrual – TPM - Na visão da Medicina Tradicional Chinesa é um desequilíbrio no sistema de circulação de um destes Qi.


Entendendo um pouco mais do processo...


No período da ovulação até a menstruação ocorre muita alternância energética – para quem a está vivendo, uma verdadeira gangorra.

Isto acontece porque após a ovulação e a não fecundação do óvulo entramos na fase que levará a menstruação. Ou seja, a pré-menstruação é um período de acumulo de certa tensão, a fim de expulsar a retenção de tecido que, sem a fecundação, não terá utilidade.

Mas um certo nível de tensão é natural, faz parte do processo. O que não é natural é o excesso de tensão gerado pelo desequilíbrio de um tipo de energia e os sintomas terríveis já conhecidos por nós.

Entrando um pouco mais na Medicina Chinesa....

São três os sistemas envolvidos na reprodução feminina e a TPM é um desequilíbrio em um destes. Do sistema energético representado pelo Fígado, do sistema do Baço ou do Rim. Isso é muito particular para cada uma de nós.

Pode parecer complicado, mas note que é fácil...

Identificamos o nosso tipo de TPM percebendo o tipo de sintomas que se apresentam no período pré-menstrual.

Uma mulher que fica mais irritada e impulsiva, do tipo ventania, está no sistema do Fígado; outra mais voraz, comilona e que tende a encher a cabeça de preocupações está no sistema do Baço/Pâncreas e aquela que fica chorosa e sensível pelo menor motivo e sente-se sem ânimo ou até deprimida está no sistema do Rim.


Mas o que fazer aproveitando os saberes orientais?


Cada uma de nós tem seu tipo de movimento natural que contempla, não só o seu ciclo menstrual, como o seu jeito de sentir, se relacionar, se expressar e, também de “adoecer”.
Não tem saída... vamos entender um pouco mais de cada uma de nós para podermos lidar melhor com as nossas TPMs... com os chineses é assim... passo a passo...

No próximo sábado trago os tipos de movimentos naturais, relacionando-os com os possíveis desequilíbrios e a TPM.

Beijos a “todas”

Nenhum comentário:

Postar um comentário